Filhotes Microchipados

17 de janeiro de 2011 -

Filhotes Microchipados

A utilização de microchip em PETS (animais de estimação / domésticos) é o único método de identificação inviolável, permanete e totalmente seguro, além de oferecer inúmeras vantagens tanto para os criadores como para veterinários, federações, clubes e outros interessados. Devido a inúmeras vantagens da identificação eletrônica, associada a um banco de dados Global, em vários Países é obrigatório o uso de microchip para identificação dos PETS (animais de estimação / domésticos). Só no Canadá e no EUA, onde é obrigatório o uso do microchip há muito tempo, mais de 15 milhões de animais são protegidos com microchip. No mundo, este número passa de 50 milhões, já que na Europa também é obrigatório o uso da identificação eletrônica. Por ser um método de identificação de fácil aplicação e que possibilita segurança, praticidade, e eficiência nos controle, não há dúvidas de que na América do Sul também se adotará o microchip como obrigatoriedade. No Brasil, a CBKC (Confederação Brasileira de Cinofilia) já adotou o sistema, sendo necessário, nos cães a identificação através do microchip e cadastramento dos animais no Banco de Dados Oficial. A divisão Partners PetID-BR e Partners_PetID-AR são responsáveis por implantar o sistema na América do Sul e tem formado fortes parcerias com Federações, Canis, Clínicas Veterinárias e Universidades para elaboração de normas, procedimentos e banco de dados em nível nacional para o cadastro dos animais.
O canil Bullprime microchipa todos os filhotes, antes da entrega a seus novos proprietários.